(67) 3041-9700 Av. Mato Grosso, 4298 - Carandá Bosque - Campo Grande/MS

É retomado Programa “Salve uma Vida”, para capacitação em reanimação cardíaca

O projeto, gratuito, aborda técnicas para os primeiros socorros.

Por Comunicação Servan
02/08/2022 · Novidades

Neste último sábado (30), aconteceu na sede do Servan mais uma edição do Programa Salve uma Vida, uma iniciativa do Servan que tem como objetivo capacitar pessoas, principalmente da área da saúde, de forma gratuita, para realizar todo o atendimento inicial de suporte básico de vida, aumentando e muito as chances de sobrevivências de vítimas de parada cardiorrespiratória.

Estiveram à frente dos treinamentos teóricos e práticos os médicos anestesiologistas Agne Bochi, Helena Berriel e Eduardo Brandt como instrutores.

O projeto nasceu em 2019, e com as restrições da Covid 19, ficou suspenso por praticamente dois anos. A retomada é motivo de muita satisfação, conforme comenta o Diretor Operacional Andre Oshiro, que atualmente está à frente dessa iniciativa. “Compartilhar técnicas que possibilitem a realização adequada dos primeiros passos do atendimento a parada cardíaca e acompanhar na prática histórias bem-sucedidas, de profissionais da saúde que se sentiram mais preparados para agir numa eventualidade é extremamente importante.”

O treinamento durou cerca de 4 horas, estiveram presentes 11 profissionais da saúde entre técnicos de enfermagem e enfermeiros do Hospital Proncor. E conforme comenta uma das participantes, a técnica de enfermagem Gezilene Rojas, essas oportunidades são momentos únicos, para sanar todas as dúvidas e questionamentos. “Foi de grande valia para um melhor atendimento ao paciente, excelentes profissionais que administraram com grande ampliação sobre o assunto, tiraram todas as nossas dúvidas e pudemos aprender muito mais.”

Foram colocados à disposição dos participantes, manequins para treinamento de RCP (ressuscitação cardiopulmonar), ventilação e manobras de desengasgo. Bonecos, tanto adultos quanto pediátricos, que simulam com muita precisão a maneira mais correta da execução da técnica. Contam com sistemas de feedback em tempo real, sendo possível a avaliação de todas as etapas dos procedimentos e o quão corretos eles estão sendo feitos.

E conforme destaca a médica anestesiologista do Servan Agne Bochi, a segurança e bem-estar do paciente é o que tem de mais importante no dia a dia da especialidade. “Se engana quem pensa que somos responsáveis apenas por anestesiar; a nossa responsabilidade e participação é enorme. Durante todo e qualquer procedimento somos os responsáveis pela manutenção dos sinais vitais, como: pressão arterial, pulso, ritmo cardíaco e respiração. Nosso objetivo é estar sempre um passo à frente da intercorrência, atentos as alterações e aptos a tratar, mas principalmente prevenir. Nosso objetivo com este curso é justamente ensinar aqueles que estão com a gente todos os dias nos hospitais e clínicas da nossa cidade, a vigilância e prevenção. Assim como a conduta diante das complicações. A fim de melhorar a qualidade do serviço e a segurança do nosso paciente."

 

 

 

Regulamento Percurso